Quilomicrons (Quilomicra)

São estruturas lipoproteicas que possuem a importante função, pois fazem o transporte de triacilglicerois, molécula insolúvel em água e que, portanto, não pode ser lançada na corrente sanguínea sem uma estrutura de transporte. Os quilomicrons recebem sua carga nas células da mucosa intestinal, que revestem a superfície do intestino, e a leva para outros tecidos do corpo. Se ainda houver quilomicron, depois do abastecimento das reservas de ácidos graxos dos tecidos corpóreos, ele será levado para o fígado sendo então endocitado por intermédio da apo-E. Dentro do fígado ele irá liberar o colesterol e, então, será degradado no lisossomo. Continuar lendo

Corpos Cetônicos

Corpos Cetônicos

No post anterior, falamos que a beta oxidação produz, entre outras coisas, acetil-CoA. Esse acetil-CoA pode ser utilizado no ciclo do ácido cítrico no fígado ou pode ser transformado em corpos cetônicos que serão enviados para outros tecidos do corpo humano.

Os corpos cetônicos são solúveis e por isso são facilmente exportados do fígado através da corrente sanguínea para diferentes tecidos. O cérebro, que normalmente só utilizaria a glicose como fonte de energia pode passar a utilizá-los, caso não haja glicose disponível. Além dele, o tecido muscular também é um grande consumidor de corpos cetônicos. Continuar lendo

Beta Oxidação

A Beta-Oxidação é o primeiro passo dos três passos da oxidação mitocondrial dos ácidos graxos. Ocorre na matriz mitocondrial e nela os ácidos graxos sofrem a remoçao oxidativa de unidades sucessivas de dois átomos de carbono na forma de acetil-CoA, começando pela extremidade carboxila da cadeia carbônica do ácido graxo.

  Continuar lendo