Lipogênese (Biossíntese de Lipídios)

A lipogênese está relacionada a síntese de lipídios em geral, ou seja, ácidos graxos, triacilglicerois., fosfolipídios e colesterol. Neste post nosso foco será na biossíntese de ácidos graxos, porém, todas as outras biossíntese de lipídios são de extrema importância.

Biossíntese de ácidos graxos

A biossíntese de ácidos graxos ocorre primordialmente no citossol das células do fígado e em menor escala do tecido adiposo. Ela ocorre principalmente quando a razão ATP/ADP é alta, ou seja, a muito substrato para formação de ATP, logo, o acetil-CoA está “sobrando”. E é o acetil-Coa que dá inicio à síntese de ácidos graxos.

A síntese não ocorre por simples reações inversas de sua oxidação, como muitos bioquímicos imaginavam. Porém essas duas reações são totalmente diferentes, até porque ocorrem em lugares diferentes da célula e são catalisadas por conjuntos diferentes de enzimas.

 lipogenese1

A enzima acetil-Coa carboxilase é uma das principais responsáveis por essa síntese. Nos animais ela é formada por três subunidades em apenas um polipeptídio multifuncional. Deve-se ressaltar que essa enzima é dependente de Biotina (Vitamina do complexo B).

A acetil-Coa carboxilase é a responsável por transferir o grupo carboxila do bicarbonato para o acetil-CoA formando assim o malonil-CoA.

lipogenese

Os ácidos graxos são formados por progressivas reações repetidas de quatro passos. São eles:

  1. 1.       Condensação – Condensação do grupo Malonil e Grupo Acetil, unindo-os ao ácido graxo sintase formando acetoacetil-CoA liberando CO2
  2. 2.       Redução – O doador de eletron para o acetoacetil-CoA é o NADPH, formando assim o D-Beta-Hidroxilbutiril-ACP.
  3. 3.       Desidratação – Com a saída de H2O há formação de uma dupla ligação entre o carbono 2 e 3.
  4. 4.       Redução – Novamente o NADPH é utilizado como doador de elétron, o qual serve para romper a dupla ligação recém-formada.

Assim é formado o acil graxo, o qual passará novamente por esse processo para que o ácido graxo seja alongado, isso ocorre por meio de acrescimo de grupos malonis os quais aumentam a cadeia do ácido graxo em dois carbonos a cada passagem por essa sequência de reações.

Exemplo:

O Palmitato, principal ácido graxo sintetisado pelas células animais, para ser formado precisará passar mais 7 vezes por essas cadeia de reações. Isso porque é necessário que sua cadeia seja alongada até ser completar os 16 carbonos que forma esse ácido.

lipogenese....

Este vídeo esquematiza o assunto desse post:

Referencial Bibliográfico

Bibliografia Geral. ALBERT L. LEHNINGER DAVID L. NELSON MICHAEL M. COX.Lehninger Princípios de Bioquímica Ed. Sarvier, 2007. Thomas M. Devlin.

Referências Bibliográficas: MARZZOCO, Anita; TORRES, Bayardo.Bioquímica Básica. 7 ed . Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

http://www.youtube.com/watch?v=ShpcwPXKTXs

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s